Quase

by Ecos Falsos

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $1 USD  or more

     

  • Não, eu quero o CD de plástico mesmo

1.
02:51
2.
04:06
3.
03:38
4.
03:30
5.
03:30
6.
7.
8.
9.
10.
03:46
11.
03:10
12.
03:41
13.
14.
15.

credits

released November 25, 2009

tags

license

about

Ecos Falsos São Paulo

De 2002 a 2011, a melhor pós-boyband que os Brics já conheceram

contact / help

Contact Ecos Falsos

Streaming and
Download help

Track Name: O Boi
O que ninguém duvida
Nunca vai mudar

Torça para nunca ter que discordar de nada
Quem fica calado nunca perde a discussão
Qualquer um se omite se puder levar vantagem
Sempre vão chamar de inveja a sua opinião

O que você não fala
Diz o seu lugar
O que ninguém duvida
Nunca vai mudar
Track Name: Quase
Quase
Resume o que sobrou da minha história
Recordações pelas quase-vitórias
Memórias que quase me fazem rir

Foi tão bom
Quase foi
Quase tão
Quase bom

Quase
Que eu disse tudo aquilo que queria
Faltaram poucas frases, poucos dias
E agora ninguém mais quer entender

Mas também
Tudo bem
Eu estou
Quase bem

Quase tudo que eu fiz
Já está por terminar
Eu já sei pra onde ir
Já estive quase lá
Sei que a hora vai chegar
Está quase marcada
Mas a distância entre o Quase e o Nada é quase nada

Não é tristeza
Não é derrota
Quase me alegra
Saber que me falta
O que faz feliz

Quase
Jurei que dessa vez desistiria
O jogo me deixou com as mãos vazias
Mas como vou saber se terminou?

Já ganhei, já perdi
Por que não insistir?

Quase tudo que eu fiz
Ainda está por terminar
Eu já sei pra onde ir
Já estive quase lá
Sei que a hora vai chegar
Está quase marcada
Mas a distância entre o Quase e o Nada é quase nada
Track Name: Deadline
Vá preparando as malas
Há um novo vencedor
Pra acabar com seus planos
Já mostrei que sou melhor

E dessa vez ninguém vai te ajudar
Porque eu já conheço todos seus defeitos

Pra não sobrar mais nenhuma dúvida
Eu vou deixar você sair na frente
E sentir com a poeira
Qual é o gosto do fracasso

Esse é o seu fim, rapaz, preste atenção
E peça proteção
Porque você vai precisar

Só assim
Vai ficar muito mais
De igual pra igual
Você não vê
Nem ao menos percebeu
Que eu sou muito mais do que você
Track Name: Verão de 69
Eu sempre passo, você não está
Pra ir comigo pro Guarujá
Eu te convido, te deixo a par
Mas você finge não me notar

E eu finjo que você está lá

Mesmo que eu
Passe em Cubatão só pra te encontrar
E dizer, foi bom demais
Sem você

E ao pôr-do-sol
Fica a sensação de que vou voltar
Afinal, foi tão legal

Perder a cabeça no Guarujá
Sem você, pra encontrar
Esse verão eu vou me lembrar
Como o meu despertar

Foi bom pra sapecar você
Track Name: Spam do Amor
Eu recebo email lixo à beça
Mas não chega nada de você
Será que o próximo vai ser
O que você me mandou

Não existe filtro que me impeça
De tentar fazer você me ver
Hoje é o dia em que todos vão ler
O meu spam do amor

Eu entendo
Seu receio
Você está de saco cheio de mensagens de amor
Mas insisto
Nesse email
Porque o outro voltou...

Já faz dias que eu não saio dessa
Esperando algum sinal chegar
Essa noite as caixas vão lotar
Com meu spam do amor

Vou mandar emails para o mundo inteiro
(Please read this letter)
Pra vender remédios, pra pedir conselhos
(Enlarge your penis)
Sobre perder peso e fazer você voltar
Não importa se nenhum por cento leiam
(Sign up for free porn)
Não importam senhas, anti-spams, bloqueios
(Too hot to resist)
Se houver um jeito de te fazer me escutar
Dizer que eu me arrependi

Eu entendo
Seu receio
Você está de saco cheio de mensagens de amor
Mas insisto
Nesse email
Porque o outro voltou...

Eu recebo email lixo à beça
Mas não chega nada de você
Será que o próximo vai ser
A resposta do spam do amor
Track Name: Só Penso no Meu Bem
Eu acho que me apaixonei
Ao perceber que ela me reconheceu
Não sei dizer não ao brilho de um olhar
Que ao me ver meia hora após o show sabe dizer quem sou eu

Nós começamos a sair
E era bom, mas deixava a desejar
Ele jurou nunca se esquecer de mim
E ao me ver meia hora após o show fingia não se lembrar

Eu quero ver, eu quero ver
Ele(a) encontrar alguém que faça o que eu já quis fazer
Eu quero ver, não vai achar ninguém
Que seja assim, tão cordial
Sincero(a) e dedicado(a) eu juro que só penso no meu bem
No meu bem

Eu tive que me acostumar
À solidão que você me relegou
Hoje eu chamei meu orgulho pra sair
E você o seu ego para o show

Eu quero ver, eu quero ver
Ele(a) encontrar alguém que faça o que eu já quis fazer
Eu quero ver, não vai achar ninguém
Que seja assim, tão cordial
Sincero(a) e dedicado(a) eu juro que só penso no meu bem
No meu bem
Track Name: Café La Petit Mort
Sempre lhe avisei que não iria dar em nada
Ele quis mesmo assim
Mesmo após o fim se segurou com aquela pose
Fingiu ter mais alguém

Pela décima vez
Rastejou pelo chão
Segurando a sua mão
Mas ela não quer mais
Alugar seu amor
Precisa de uma vida melhor
Precisa de um peito maior
E qualquer coisa que brilhe, qualquer pedra que brilhe
Qualquer coisa que brilhe, qualquer pedra que brilhe

Ele ofereceu tudo que tinha à sua amada
A cortesã por fim cedeu
Quando foi buscar o seu troféu houve um disparo
O cafetão sorriu

Pela última vez
Rastejou pelo chão
Segurando a sua mão
Até não poder mais

Ela diz se lembrar
Que só ali entendeu o amor
Seu novo peito carrega essa dor
E os seus olhos já não brilham
Seus olhos brilham já não brilham mais
Track Name: O Segredo do Sucesso para a Felicidade Sem Esforço
Você é o máximo
Primeiro e único
Eleito o rei da multidão

Mentalize onde você quer estar no futuro
O segredo do universo é sorrir para o mundo
Com foco no resultado é que se alcançam as metas
Você é um líder nato, em cada um há um profeta

Seja agente pró-ativo da sua felicidade
Acredite que sua força é maior que a gravidade
Quem espera sempre alcança o que pede ao seu coração
Sua vontade o guiará no caminho da razão

Você é o máximo
Primeiro e único
Eleito o rei da multidão
Como um exército
Napoleônico
Países não resistirão
Track Name: Litania dos Pobres
Os miseráveis, os rotos, são as flores dos esgotos
São espectros implacáveis, os rotos, os miseráveis
São prantos negros de furnas, caladas, mudas, soturnas
As sombras das sombras mortas, cegos, a tatear nas portas

Procurando o céu aflitos, e varando o céu de gritos
Faróis à noite apagados, por ventos desesperados
Inúteis, cansados braços, pedindo amor aos espaços
Figuras que o Santo Ofício condena a feroz suplício

Ó pobres, soluços feitos dos pecados imperfeitos!
Arrancadas amarguras, do fundo das sepulturas!
Bandeiras, rotas, sem nome, das barricadas da fome!
Bandeiras estraçalhadas, das sangrentas barricadas!

Ele já marcha crescendo, o vosso bando tremendo
Ele marcha por colinas, por montes e por campinas
Nas areias e nas serras, em hostes como as de guerras
Cerradas legiões estranhas, a subir e descer montanhas

Ó pobres de ocultas chagas
Lá das mais longínquas plagas
Parece que em vós há sonho
E o vosso bando é risonho
Que através das rotas vestes
Trazeis delícias celestes
Que vossas bocas de um vinho
Prelibam todo o carinho
Que vossas almas tremosas
Vêm cheias de odor das rosas
Que essas flageladas almas
Reverdecem como palmas
Que por entre os estertores
Sois uns belos sonhadores
Track Name: Nós
Eu tentei achar uma palavra
Mais real que "amor" quando pensava em nós
Porque hoje qualquer panaca diz
Que ama alguém só pra se convencer
Que é feliz com uma pessoa só
Por mais que não ache o bastante

Eu já fiz muito disso, mas quando você chegar

Eu quero dizer que pensei em tudo
Pra você não se preocupar com nada
Tudo que podia ter dado errado
Eu já resolvi na noite passada para ser melhor que

Eu já fui quem mais criticaria
Se guardar do mundo pra agradar alguém
Mas eu fiz tudo que não faria
Só pra ver você fazer também

Eu me cago de medo, mas quando você chegar


Eu quero dizer que pensei em tudo
Pra você não se preocupar com nada
Tudo que podia ter dado errado
Eu já resolvi na noite passada, eu quero o que você quer

E eu não espero que você vá me mudar
Sou mais teimoso do que possa imaginar
Mas faço tudo que diz
E adoro tudo que fiz

Se eu não sou um cara exemplar
É porque não sei explicar
Que o que nos une é a liberdade pra ter liberdade

Mas se você quiser, hoje eu não saio de casa
Pedimos um café, que o mundo vai parar
Se alguém telefonar, não precisamos de nada
Estamos bem aqui e não em outro lugar
Track Name: Guaraná
Quem quiser me levar
Não tem mais que esperar
Promoção incomum
Pague dois leve um

Vem e me leva daqui
vê no que vai dar

A moça bonita
que não paga e sempre leva
um pedaço da minha vida
me deixou com essa dívida a cobrar

Eu não queria ser quem vai
ficar à espera
de quem me reserve a cobiça
que seja sincera

faça algo de novo
nunca me desgaste
Se outra vez não der certo
vou decidir me alugar

o estorvo que a espera me dava
ficou pra trás
tão longe se perdeu de vista e hoje
tanto faz

quer comprar? passa lá
quando a safra cessar
o tempo me deixou curtir
pra eu poder te embriagar

eu não sabia que ia ser tão devagar
tão longe me perdi de vista
E agora?
Track Name: A Sereia
Você anda na praia e pisa em algo
Pensa ser cocô na areia
Mas quando olha pra baixo, percebe
Quase matou uma sereia
A sereia lhe abre os braços e diz
“Faça o que quiser comigo”
Mas ao ver sua beleza você não resiste
E canta um verso amigo

Sereia, é o capeta de tão feia
Sereia, preferia ter pisado em um cocô na areia

A sereia chora, grita, pula, peida,
Canta, dança e esperneia
E diz “Não é verdade”
Que ela é só um pouquinho feia
Mas sereia, você…
É mais feia que o diabo
Não salva a cara, não salva a bunda,
Não salva o rabo

[Refrão]

A infeliz tenta encantá-lo com o canto
Das sereias da Cocanha
Mas sua voz é uma trombada de uma gralha
Com uma chiquitita fanha
A sereia lhe passa uma rasteira e o arrasta
Pras profundidades
Diz que vai afogar-lhe o ganso
Mesmo contra a sua vontade

[Refrão]
Track Name: Se Você Quer
Na música que eu fiz pra te chocar você sorri
Quando eu digo "tudo bem", acho que entendi

Devo me assustar quando você sair de si?

E eu devo te evitar
Com medo de te sufocar
Quando você me mandar
"Você tem que me..."

Me diz
Você quer gozar de mim?
Não diz
Sou eu quem quer ouvir o fim

Você deixa que eu te amarre
Minha boca pra que eu narre
Me promete que não morde
Nem sussurre, só concorde
Enforcada com a gravata
No carpete da tua sala
Sua boca me assusta, seu sorriso me assusta
Track Name: Sexo Implícito
"Vou acordar você de dia"
Você diz antes de dormir
Do teto a sombra anuncia
A hora de estar lá fora

Fui eu quem pediu isso?
Você que o diga?
Se quiser, vem me explicar
Me mostrar o sexo implícito

Ela já não existia
Quase que eu esqueci
Sempre tive companhia
Meu espelho é ruim pra conversar

Eu ia escrever pra você
Foi pra mim
O seu rosto em algum lugar
Um sorriso em sexo implícito
Track Name: Última Volta
Foi mal pela demora
Eu sei que agora é tarde
Pra me desculpar
Parti dentro do prazo
Mas sempre encontro atraso
Vindo para cá

Calma, não tenho culpa
Não fui quem fez a chuva e o
Caos nessa cidade
Adianto o relógio
mas o ponteiro corre
eu sempre fico atrás

Poupe o vocabulário
Essa novela me faz mal
Imprópria para o horário
E o galã é muito cara de pau

Olha, não acho justo
Com todo custo que eu tive pra chegar
Garçom, traz só a conta
Que a aliança encontra outra ocasião

Cansei dessa incerteza
Tudo que eu quero é que você um dia assuma
Desapareça
Vou dedicar meu tempo ao silêncio